Seu navegador não suporta ou não está com o JavaScript habilitado. 0001101-47.2011.5.01.0030 - DOERJ 07-04-2014 Ir para o conteúdo

Conteúdo principal
Número do documento: 00011014720115010030
Tipo de processo: Recurso Ordinário
Data de publicação: 2014-04-07
Orgão julgador: Décima Turma
Desembargador/Juiz do Trabalho: Marcelo Antero de Carvalho
Tipo de relator: Relator
Ementa: 1.indenização por danos morais. O empregador possui responsabilidade objetiva naquelas hipóteses em que o dano decorra da atividade ou profissão do lesado. No caso em tela, foram preenchidos todos os requisitos para a configuração da responsabilidade objetiva, quais seja, a conduta ilícita ou irregular praticada por empregado da ré, a lesão de ordem moral e o nexo de causalidade. A primeira reclamada não conseguiu demonstrar a culpa exclusiva da vítima. 2. Valor arbitrado para a indenização por danos morais. O valor arbitrado na origem, a título de reparação por danos morais, é razoável diante da conduta ilícita de empregado da ré, a atuação concorrente do autor para o evento danoso e a gravidade do dano, sendo incabível a modificação da quantia fixada.

Apresentar o registro completo

Arquivos neste item:
marcador00011014720115010030#07-0 ...
Aparece na(s) coleção(ões):